sábado, 27 de abril de 2013

Spring Cleaning - dia 1

A preguiça é mais que muita e a desarrumação e desorganização apoderaram-se de mim.
Então, nada melhor que uma limpeza de Primavera. Não sei se vou concluir todos os projectos (que são, basicamente, dar a volta à casa toda), mas, pelo menos, já comecei.

Não sou muito boa a fazer planos e, muito menos, a cumpri-los, por isso, esta limpeza vai ser ao sabor do vento, para evitar as frustrações de projectos não concluídos ou nem iniciados.

Ontem, ataquei o roupeiro do quarto... parcialmente.
Saíu tudo cá para fora, foi aspirado e voltou, quase tudo, lá para dentro.
Ainda, há arrumações para fazer (a concluir, hoje), mas já há uma bela pilha de coisas para dar e deitar fora.

Detesto deitar fora, porque, na realidade, trata-se, apenas, de colocar noutro sítio que não na minha casa; pior, trata-se de deitar coisas em aterros, coisas que vão demorar anos a degradar-se... não gosto!

 

Os chinelos (ambos os pares) foram, mesmo, para o lixo, porque não há remédio.
Há camisolas, pijamas e calças para dar (4 de cada), que estão em bom estado (recentemente, foi colocado um depósito (caixote) de roupa para doar, mesmo ao lado de casa, junto à igreja - vão para lá, ainda, hoje, se conseguir).
Há calças (2) que, se não fosse terem as baínhas desgastadas, estariam óptimas para dar. Não sou capaz de dar. Parece muito mal dar coisas que precisam ser reparadas? Basta cortar e fazer baínha... Que vos parece?
Caso contrário, posso sempre, usar para panos (assim como 1 camisola manchada de lixívia)... hummm... eu não uso, assim, panos... vou tentar saber se alguém precisa... não queria mesmo deitar para o aterro...

Aproveitei, também, para organizar os marcadores de livros... mais ou menos. Faço colecção de marcadores de livros que guardo numa caixa no escritório. Fui ver e tinha uma série deles repetidos, ou melhor, 62 (alguns repetidos várias vezes!)!
Alguns (27), vou dar a um amigo que, também, faz colecção; 2 foram para o lixo, por estarem estragados e 33 estão à venda, online!



Sem comentários: