quinta-feira, 14 de julho de 2005

sem título

Sinto falta do teu amor
do meu
do nosso
amor!

Tenho saudades do teu toque nos meus cabelos
no meu rosto
por todo o meu corpo

Sinto falta de amar!
de ser amada!

Volta para mim
Arranca de mim este sentimento de falta
esta sensação de vazio
esta frustração

Não vires as costas a uma pessoa necessitada

Não, não estou a morrer de fome
nem de frio
estou a morrer de solidão!

Volta para mim
"Haja o que houver
eu estou aqui".

Sabes onde me encontrar.
Não demores muito!

Sem comentários: