sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Em boa companhia

Juntar as amigas cá em casa (agora, já com os respectivos bebés - não é por serem meus "sobrinhos", mas estão cada vez mais inteligentes e lindos), é um dos únicos motivos que me leva à cozinha.

Este foi o resultado:

Peito de Frango recheado com pasta de farinheira
Arroz de açafrão (nunca um arroz me tinha saído tão bem)


Frango:
4 peitos de frango
100 g de cogumelos
100 g de tâmaras
1 farinheira
0,5 dl de Vinho do Porto
Azeite, sal e pimenta

Lave, escorra e pique os cogumelos. Descaroce e pique as tâmaras. Tire a pele à farinheira.
Salteie os cogumelos em azeite. Depois, junte as tâmaras e a farinheira desfeita em pedaços. Mexa, enquanto cozinha, até desfazer a farinheira. Pode temperar com sal e pimenta.
Abra os peitos de frango como se fossem pãezinhos, recheie com a pasta de farinheira e prenda com palitos (nota: na receita original, os peitos são barrados com mostarda).
Aloure os peitos de frango, de ambos os lados, em azeite. Pode temperar com sal e pimenta. Borrife com o vinho do Porto. Tape e deixe cozinhar durante cerca de 10 minutos em lume brando.


Arroz:
1 cebola
1 chávena de arroz
2 chávenas de água
1 colher (café) de açafrão em pó
Azeite
, sal

Descasque e pique, finamente, a cebola e leve a alourar em azeite. Junte o arroz e deixe-o absorver a gordura, mexendo para não queimar. Polvilhe com o açafrão. Junte a água a ferver e tempere com sal.
Tape e deixe cozer, em lume moderado, durante 15 a 20 minutos.

(ambas as receitas foram retiradas de www.vaqueiro.pt - a de frango sofreu pequenas adaptações)


Para o lanche - Bolo de chocolate



Bolo:
1 dl de água
75 g de chocolate em pó
300 g de açúcar
250 g de farinha
5 ovos
1 dl de óleo
1 colher (café) de sal fino
3 colheres (chá) de fermento em pó
1 colher (sopa) de açúcar

Creme:
100 g de açúcar
250 g de margarina
2 ovos
80 g de chocolate em barra
1 fio de leite

Leve a água ao lume, na qual desfaz o chocolate em pó (não deixe aquecer demasiado).
Num recipiente, misture o açúcar, a farinha, as gemas, o óleo, o fermento, o sal e o chocolate. Mexa bem.
Bata as claras em castelo e, no fim, adicione a colher de açúcar. Junte as claras ao preparado, mexendo bem. Leve a cozer, no forno, em forma sem buraco, untada de margarina e polvilhada com farinha.

Entretanto, faça o creme. Misture o açúcar com a margarina, previamente, derretida. Junte os ovos inteiros. Derreta o chocolate, no fio de leite, e adicione ao preparado. Deixe arrefecer entre 45 a 60 minutos, para obter a consistência necessária para barrar o bolo.

Depois de cozido e desenformado, corte o bolo, ao meio, na horizontal. Recheie com uma parte do creme e cubra-o com o restante.
Pode polvilhar com chocolate granulado (eu preferi decorar com nozes).

(não me recordo onde encontrei esta receita, mas, também, a adaptei: juntei um pouco de canela à massa do bolo. Adoro canela e, em quase todos os bolos que faço, uso-a).

Nota: esta receita é diferente da que usei para o outro bolo de chocolate que mostrei aqui no blog. Quando encontrar essa receita, partilho.



7 comentários:

Batista disse...

Costuma falar-se em "cozinheiras de mão cheia" quando são muito dotadas!

Aqui estamos perante uma "cozinheira com ambas as mãos a transbordar"!

Santiagando disse...

Faço o que posso.
Quando organizo jantares, almoços ou lanches, faço uma pesquisa prévia (na internet, em livros e revistas), em busca daquela receita.
Depois de a encontrar, faço as adaptações necessárias.

Tem-me corrido bem: às vezes, sou é experimentalista demais, mas, mesmo assim, as refeições são apreciadas.

Gostava de ser mais ousada, mas posso correr o risco de não agradar ao paladar dos convivas. E convivas insatisfeitos, eu não quero.
Não foi para isso que a minha mãe me educou... lol...
É por causa dela que as refeições em que sou anfitriã são demasiado fartas: sobra sempre qualquer coisa... :-)

Batista disse...

Nesse caso, e porque já percebi que gostas bastante de agradar aos convivas, um dia explico-te como fazer uns cogumelos fantásticos para entrada! :)
Um dia...lol

Santiagando disse...

Acredito que sejam fantásticos... se forem como a sobremesa...

Fico à espera desse dia :-)

Batista disse...

É muito simples de fazer! Tão simples quanto esmagar Oreos! :)

Este teu bolo tem um ar fabuloso...

Santiagando disse...

É o meu bolo favorito: bolo de chocolate com recheio de chocolate e cobertura de chocolate... simplesmente delicioso!!

Batista disse...

Se eu não tivesse olhado para a imagem, esse teu relato era suficiente para perceber que devia estar um must! :)