quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Setembro - dia 30


E, como o destralhamento, não tem que ser, obrigatoriamente, no local onde resido, aqui vos mostro o destralhamento que fiz no meu quarto de adolescente, em casa da minha mãe. É mais um sítio onde há muito por fazer e este foi, apenas, o primeiro passo. Tanto neste meu quarto como na arrecadação, estão guardados livros, cadernos e pastas da escola (desde a primária até à faculdade), recadinhos e mensagens, diários, brinquedos, livros. Sei que muitas dessas coisas vão continuar guardadas, mas sei, também, que, muitas delas, encontrarão fim: outra casa, lixo ou reciclagem.

Irei dando notícias deste progresso sempre que puder fazer o destralhamento!

Como podem ver, foram muito mais que 3 objectos. Não os contei, mas temos de tudo um pouco: estojos, agrafos, horários escolares, molduras, caixas, porta-moedas, lápis, baralhos de cartas, pins, papelada diversa...
Alguns foram separados para a reciclagem no âmbito da campanha Papel por Alimentos do Banco Alimentar contra a Fome (papelada, correspondência antiga, horários escolares...); outros vão ser doados (lápis, estojos, agrafos...); outros foram para o lixo e, por fim, outros estão à venda (carteira, poster futebol, moldura...)

Sem comentários: