domingo, 28 de agosto de 2005

Sem Título

Por vezes, rio. Rio imenso. Especialmente, quando ando sozinha pelas ruas. Rio, não sei porquê, não sei com que razão, nem sei se por algum motivo. Rio, simplesmente.
Não, não enlouqueci, não estou louca! Rio e gosto de rir, mesmo que seja sem motivo algum. Não vejo qual o problema! Não vejo qualquer indício de loucura.
Rio porque me apetece. Rio porque me faz sentir bem.

4 comentários:

Anónimo disse...

Loucura é chorar! É termos de viver neste mundo de sofrimento que nos rodeia e encontrar a suposta felicidade nas "pequenas coisas da vida"! Qualquer coisa q nos faça sentir bem no meio da loucura em que vivemos é positivo. O planeta devia dar uma gargalhda em uníssono que o fizesse abanar nos eixos, talvez aí as pessoas se interrogassem sobre quem está louco e quem está são.

SS

restolho disse...

Escreves umas coisas tão bonitas...
Faz um blog...

Horas Vagas disse...

Orgulho de vocês!!

Horas Vagas disse...

Voto nisso!! Aproveita e escreve no meu que anod vidrada na Oprah...