segunda-feira, 27 de abril de 2009

De volta...

... aos passeios culturais: a tarde de domingo foi passada no CCB, a ver várias exposições

A exposição de Peter Kogler (patente até ao próximo dia 31 de Maio), foi a primeira e bastante apreciada pelo nosso grupo.
Do folheto:
"(...) O artista encontrou na formiga e no cérebro dois temas básicos que unem o simbólico e o orgânico, fazendo assim referência à interpenetração da natureza e da tecnologia, a realidade e o virtual. O labirinto, como símbolo de uma sociedade operada em rede pelos media, é outro tema central que Kogler interliga com o espaço real em projecções de video e murais extremamente variados, opondo à estática e tradicional geometria euclidiana do espaço, uma aparência efémera em constante mutação e transformando assim a nossa percepção do mesmo (...)


___

Logo de seguida, veio o Arquivo Universal - A condição do documento e a utopia fotográfica moderna (patente até dia 3 de Maio).
É uma exposição interessante e divertida (devido a algumas das fotografias antigas). Peca, talvez, pelo tamanho (demasiado extensa), que a torna repetitiva e monótona.
Do folheto:
"Esta exposição analisa a noção do documento na história da fotografia a partir do estudo e encenação de uma série de debates sobre o género, ao longo do século XX. (...)"
___

A BES Photo 2008, com as obras dos artistas premiados Edgar Martins, (vencedor - uma das obras abaixo) André Gomes e Luís Palma. Esta exposição está patente até dia 17 de Maio.

___

Por fim, "Não te posso ver nem pintado", uma exposição resumo da Colecção Berardo. Infelizmente, já não fui a tempo de ver a exposição completa. Segundo informações internas, é possível que esta seja reposta no mês de Junho. Vou esperar para ver!


Nota: as fotos não são de minha autoria; foram retiradas da internet


Sem comentários: