segunda-feira, 13 de abril de 2009

Há?

Dizem os antigos, que não há duas sem três. É verdade, é que não há mesmo!
A minha questão, agora, é e três sem quatro, haverá?
Por um lado, espero que não, mas, por outro, desejo, ansiosamente, que sim... e que não demore muito... venha o "quatro", eu aguento!

Sem comentários: