domingo, 12 de julho de 2009

E se, de repente...

... te disserem "Não te quero perder por nada, por nada mesmo!" e tu acreditares, isso é CARÊNCIA, CREDULIDADE, INGENUIDADE!

Pronto, vá, e dizer tudo isto é amargura ou o início do despertar!


3 comentários:

Nuno disse...

se foi um homem que te disse isso... não acredites.. :)

somos todos iguais...

Sara disse...

Acho que tudo isso tinha de ser explicado.

Dizer isso a alguém normalmente tem água no bico, ou fizeram ou estão para fazer...

Vim aqui dar pelo blog do Nuno, e tinha mesmo de comentar loll

Santiagando disse...

Nuno: é claro que foi um homem... e são mesmo todos iguais, porque foi mais que um (claro que em alturas diferentes).

Sara: obrigada pelo comentário... Estava(m) mesmo para fazer alguma...
Fica o aviso à navegação: se um homem vos disser algo do género é mesmo porque fez ou vai fazer alguma!