sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

American Idol

Não sei se seguem este programa. Eu comecei a espreitar na altura dos castings, por ser hilário e fascinante.
O que me ri com as figuras e vozes de muitos candidatos (eu sei que não se deve fazer, mas não consigo evitar).
O que me emocionei com algumas das vozes.

Depois, fui vendo, quando conseguia, os episódios já com os concorrentes oficiais. Alguns muito bons, outros nem por isso. Uns em dias melhores, outros em dias piores.
Já para o meio da série, comecei a prestar mais atenção a um dos concorrentes, pelas actuações espantosas e, completamente, diferentes das restantes: a presença em palco, a voz, os arranjos musicais...
Fui torcendo por ele, mas não com muita esperança, pois não era um dos preferidos do público.

Hoje, ao ver mais um episódio, apeteceu-me rever algumas das actuações e fui espreitar no You Tube. Como presente, fiquei a saber quem ganhou a 7ª série deste concurso.
Perdoem-me os seguidores que gostam de manter o mistério até ao fim. Para esses, digo: não continuem a ler este post.

E o vencedor é: David Cook!

E eu gostei: o rapaz é jeitoso, canta bem e tem muita presença em palco.
Que tenha muito sucesso!

Aqui vai a versão dele de "Always be my baby", de Mariah Carey. Divinal!



E a versão de "Hello", de Lionel Ritchie



A final



Música original

Sem comentários: