domingo, 18 de janeiro de 2009

Centro Cultural Olga Cadaval

Sintra comemorou o aniversário do nascimento da Marquesa de Cadaval, com um concerto da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, no Centro Cultural Olga Cadaval.

Foi mais uma oportunidade para ver e conhecer coisas novas. Nunca tinha assistido a um concerto de música clássica e não sabia quem era a Marquesa do Cadaval. Mas, a vida é isto mesmo: experiências e aprendizagem.

A Marquesa de Cadaval nasceu em Turim, a 17 de Janeiro de 1900. Durante a I Guerra Mundial, foi voluntária da Cruz Vermelha como enfermeira radiologista. Foi por essa altura que conheceu Dom António Caetano Álvares Pereira de Melo, Marquês de Cadaval, com quem casou em Julho de 1926.

Três anos mais tarde, o casal veio para Portugal onde se instalou na Quinta da Piedade. Dom António morreu em 1939. Dona Olga, mãe de duas filhas, jovem viúva, dedicou-se às actividades musicais. Tornou-se Presidente da Sociedade de Concertos – fundada em 1917 por José Vianna da Motta.

A Marquesa apoiou, financeiramente e não só, vários jovens artistas.

Saiba mais em: Olga Cadaval


A Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras (OCCO), é considerada, por muitos, como uma das melhores formações deste género, em Portugal.

Saiba mais em: OCCO


A Orquestra presenteou-nos com o seguinte programa:

J. Vianna da Motta
"Scenas nas Montanhas" Op. 14
Adágio. Doppio movimento

B. Britten
"Sentimental Saraband"
Frolicsome Finale da Sinfonia Simples

G- Zlatev-Cherkin
"Svedana" para violino e cordas

P. I. Tchaikovsky
"Serenada" Op. 48
Pezzo in forma di Sonatina.
Walzer.
Élégie-
Finale.

Sem comentários: